A partir do momento em que você nasce, passa a ser constantemente bombardeado com a ideologia e atitude alheia, o que continua até alcançarmos a adolescência. Isto é, se já não tivermos sofrido uma lavagem cerebral profunda.

Assisti um programa recentemente onde duas mães trocavam de famílias por alguns dias, e uma dessas famílias era extremamente conservadora e rígida, o patriarca trabalhava fora, o filho fazia as tarefas pesadas em casa (colocar o lixo pra fora, cortar a grama) e as meninas basicamente cuidavam da casa e serviam os homens, além de serem ensinadas que a virgindade era necessária até depois do casamento e que a mulher não deveria trabalhar fora.

O que mais me chamou a atenção é que o pai e a mãe manipularam as crianças de tal forma, que elas acreditavam sem questionar, que tudo isso era o melhor para elas e que garantiria sua passagem para o céu, e o pior, o pai dizia-os que era uma escolha deles, e que eles só deveriam manter as promessas se quisessem (detalhe, os filhos haviam feito um voto de castidade por escrito, onde se comprometiam a ter relações sexuais apenas após o casamento).

Uma das filhas não pensava da mesma maneira, contou então a mãe substituta que queria ser médica e trabalhar fora para manter a própria casa. Uma alma salva de um buraco de machismo conservador, você pensa.

Até que o pai, ao ver que a mãe substituta está fazendo a menina impor suas vontades e perseguir seus sonhos, fica atordoado, [com razão claro, imagina só sua filha trabalhando fora de casa? Daqui á pouco ela acreditaria que poderia dormir sem rezar.] e calmamente sequestra a filha e a leva para "terras seguras", vulgo casa dos tios, após de ter uma 'conversa séria' com a menina e provavelmente dizer que ela tinha essa opção mas seria excomungada, deserdada e queimaria eternamente no fogo do inferno de seu deus amoroso e pacífico.

No outro dia a menina muda de ideia e resolve que casará virgem, terá cinquenta filhos, nunca se divorciará e passará o resto da vida fazendo tortas de maçã e servindo para sua linda [e falsa] família.

Eu e a mãe substituta ficamos horrorizados, nós acreditamos na teoria que as crianças foram lobotomizadas e substituíram seu bom senso por um grande pote de merda do século X. O pior é que não podemos fazer nada a não ser esperar que aquelas pobres almas fujam de casa ou tenham um surto de "Fuck this bullshit" e passem a pensar por si mesmas. Tenho fé na garotinha que quer ser médica, mas os outros três filhos já estão tão ferrados que acreditam que o pai é santo e que o mundo todo vai morrer de lepra ou sufocar em grilos assassinos.
Que merda de gente é essa? Que merda de futuro essas crianças vão ter?