Eu tenho um medo de te perder e te desapontar sem fim, tudo começa quando não tenho notícias tuas á mais de um dia, começo a me desesperar, penso que você está me evitando, que isso tudo é bobagem, que eu dou muito valor a uma relação tão íntima mais tão inexistente. Mas aí você aparece, e me acalma com suas palavras doces, com seu jeito de dizer que eu melhoro nem que seja um pouquinho, um dia ruim.
E eu fico tão feliz, tão cheio de alegria, que meu medo se torna o sentimento mais puro que eu já senti, e eu morro de vontade de ir até você, de te abraçar, e de nunca te deixar sair de perto de mim, meu medo é transformado em saudades. Aí eu vejo que a nossa relação não é inexistente, pelo contrário.

Ps: Espero que esteja tudo bem. Enfermeira, han? Adorei.