A poesia dos nomes é vasta, é fluida, é mutante. Nome que é nome traz consigo personalidade, é marca, é etiqueta.
Suba o morro dos Wallace meu rei, lá tem feijoada, tem samba, tem Jurema, tem Matilda! Suba sem medo, mas com cautela. Lá Philips é ferramenta, monarca lá só Momo. Tua segurança tá garantida, deixe gládios e gladiadores cá embaixo porque o dono é Pacífico, no nome e na atitude.