Não acho o feminismo um movimento digno, pelo contrário, acredito que o feminismo seja tão preconceituoso e tão extremista quanto o que diz combater. Não que eu seja contra os direitos da mulher, não que eu negue que as mulheres dominam o mundo, não sou ignorante. Mas convenhamos que a mulher (ao menos na sociedade em que vivo) não mais precisa de defesa. São elas as grandes empresárias, as grandes profissionais, as grandes palestrantes e servem de modelo para mim da mesma forma que homens.
Vamos nos preocupar em humanizar nossas crianças, em dar a elas noções do que é certo ou errado. Vamos nos preocupar em melhorar nossas vidas em geral, em fazer da razão nossa grande inspiração. E vamos esquecer dessa crescente onda de síndrome da perseguição, ou desse sentimento universal de coitadismo injustificado.
Porque o feminismo é visto como algo bom e machismo como algo ruim? Não faz sentido, assim como não faz sentido lutar por algo já consquistado. Mulheres, vocês não são minoria, não são mais segregadas. Cresçam e mostrem como são fortes, joguem o feminismo no lixo, ele foi uma bengala que ajudou-as a alcançar o topo, é hora de passá-la adiante.
Me poupem das críticas, não tenho mais saco para ler dois parágrafos de veneno feminista. A sociedade nunca foi mais inclusiva, aproveitem, parem de reclamar de minuscias e passem a usufruir de seu poder de palavra, de formação de opinião.
Deixo claro que não me refiro a país nenhum senão o Brasil, sei que o cenário muda pra lá das fronteiras, lá o feminismo faz sentido, aqui é papo pra neto ouvir e dizer: "Wow! Isso foi mesmo necessário?".