Cheguei acreditando estar atrasado, meu estômago revirava de nervosismo e eu estava prestes a sair correndo dali.
Meu primeiro olhar em direção a porta foi desviado por aquela visão, a pele branca, os cabelos negros e longos, a roupa cuidadosamente linda. Me apaixonei novamente ali, em alguns milésimos de segundo.
Não prestei atenção em mais nada, respirei fundo e sorri espontaneamente, rezando para que não me visse antes de estar emocionalmente pronto.
Nada mais importava quando toquei-lhe o ombro e ela se virou. Disse-lhe um tímido "Oi" e o resto é história.