Poesia sem rima, para mim, é um bolo de chocolate sem cobertura. Pode ser até bom, mas sempre faltará alguma coisa. Eu sei que eu já escrevi poesia sem rima, mas não era poesia, era um "texto vertical", simplesmente não fazia sentido escrevê-lo de outra forma.
Poesia precisa de sonoridade poética e, segundo meus conceitos, só existem duas maneiras de se obter sonoridade poética: a primeira é rimando (nem que seja um par de versos), e a segunda é fazendo a pessoa que você ama recitá-la para você.