Me lembrei dela no dia de seu aniversário, como lhe caía bem aquela blusa velha que nem meu cachorro queria, lhe vestia toda, lhe cobria tanto.
Para ela era apenas um dia normal, queria comer cereal, queria fazer panquecas, queria tomar um suco e voltar pra cama. Para mim isso era inaceitável. "Como quer fazer rotina no seu próprio aniversário?" berrava à ela indignado, ela já sorria, gargalhava.
Pegou então a camisa velha, jogada no fundo do armário, "só saio com esta aqui", era teimosa, assenti. Mal ela sabia que meu pensamento era outro, linda como estava, queria mesmo era ficar alí, na cozinha, no quarto, na cama.

Dedicated to Britney Spears.